Série as Divindades segundo Ifá: Èlà

2ª Divindade: È

Olódùmarè a fonte da Criação é de certa forma inacessível à humanidade, por isso, como veremos nas próximas postagens ele criou um conjunto de Divindades que atuam sobre a criação.

O significado da palavra È é iluminação, também podemos encontrar citações dizendo que È é o espirito da pureza, ambas as afirmações são procedentes.

 

È é uma emanação direta da fonte da Criação (Olódùmarè), por isso È é um aspecto de Olódùmarè, interagindo com Ele nos processos que mantem (no sentido de alimentar e equilibrar) a Criação.

È é o espirito que da suporte ao culto de Ifá, em outras palavras, é Dele que provem a sabedoria e as orientações obtidas através dos mais diversos métodos de consultas oraculares.

È possui diversas atribuições, entre elas à função de registrar tudo o que foi criado, todas as ações de todas as formas de vidas existentes, ou seja, é um receptáculo, onde tais informações ficam armazenadas. Èlà, portanto conhece tudo o que foi, tudo o que é e o que será.

È é acessível à humidade através de cerimonias especificas conhecidas como iniciações. È é responsável pela inspiração que permite corrigir ou alinhar as ações humanas. Tais rituais então permitem que a atuação Èlà exerça influência positiva em nossas vidas. Além, disso È fornece inspiração para a evolução da Criação, ou seja, todo o conhecimento sobre tudo que existe está contido nessa força espiritual, sendo assim, acessa-lo amplia os horizontes da mente humana, levando a Criação para níveis superiores.

Esse conceito existe em outras culturas e religiões e sugere a explicação de como a humanidade consegue vencer certas barreiras tecnológicas, visto que algumas pessoas após certo treinamento amparado por processos iniciáticos conseguem vislumbrar È. Esse contato permite ampliar e desenvolver tecnologias, habilidades, encontrar soluções, que antes eram inviáveis.

Durante iniciações È pode manifestar-se como fonte de inspiração, para que os iniciados consigam enxergar coisas que já aconteceram ou que possivelmente vão acontecer. Quem nunca teve a sensação de já ter vivido certa situação? Isso ocorre quando nossa mente entra em sintonia com essa força espiritual. Tal sintonia pode ser alcançada de várias formas, consciente ou não.

As Divindades Celestiais ou Primordiais existiam antes da criação do plano físico. Sabemos que Olódùmarè foi a primeira forma consciente de vida a existir. Ele prove o àse (força espiritual) de contração e o àse de expansão. Segundo Ifá, a interação entre essas duas forças derem origem ou sustentaram toda a Criação. Esse símbolo é representado pelo trabalho desenvolvido por Olódùmarè e È. Assim Eles formaram as forças espirituais “inconscientes” que na sequencia se tornariam conscientes. Essa atividade permite a È registrar toda a Criação e manter um vinculo de retaguarda com tudo que foi criado. O que eu quero dizer com isso é que tanto Olódùmarè quanto È, são as forças espirituais que funcionam como fonte para as demais formas de vida, ou seja, foram a matéria prima, portanto de certa maneira estão ligados a elas.

Segundo o Babalawo Falokun Fatunmbi em seu livro “Ìbà´se Òrìsà”A primeira Força Espiritual que chegou a manifestação física foi Èlà. A palavra Èlà é geralmente traduzida como "Espírito de Pureza", mas a palavra também sugere "quebrar em pedaços".

Como podemos ver È está acessível no mundo físico, sendo a primeira força espiritual a “descer ao plano físico” no momento da Criação. Quero deixar claro que È não é uma Divindade individualizada da forma como conhecemos, mas sim um aspecto de Olódùmarè. Ele representa então a “porção” acessível de registros e acontecimentos e também o momento onde Olódùmarè se divide em outras energias, dando origem a tudo.

È também é atribuído o poder que “colocar as coisas em ordem”, isso esta relacionado com a função de equilibrar e organizar os acontecimentos. Segundo Ifá, durante o processo de criação do plano físico, grandes tormentas ocorreram, isso é um fato, pois o universo em seus primórdios possuía um ambiente extremamente hostil, a ação de È estabelece a ordem. Essa importante função é sustenta pelo fato de È conhecer tudo o que vai ocorrer, baseado no que ocorreu, então Ele encontra o caminho mais seguro para trazer o equilíbrio de volta.

Além de atuar de forma muito importante na vida dos humanos, È também interage com Imortais, onde qualquer Imortal pode consulta-lo diante dos dilemas da humanidade, conforme um trecho de uma reza de invocação:

Beni on (Èlà) ni gba ni la n'IfeOba - a - mola

Tradução: No entanto, ele levou dos Imortais todos os problemas, o Chefe para quem sabe o que é ser salvo.

A frase sugere que È é muito importante. Até mesmo as demais Divindades podem ter acesso a È, quando atuando no plano físico, através dos seus iniciados, podem substituir os instrumentos oraculares, interagindo diretamente com Èlà, assim transmitindo a “voz de Olódùmarè”. Esse conceito é amparando pela doutrina de Ifá, onde as Divindades participam constantemente da vida terrena, orientando e apoiando nossas ações. Neste aspecto vale ressaltar minha experiência pessoal no culto Afro-Brasileiro, mais especificamente no Batuque, onde pude presenciar a atuação das Divindades validando cerimônias executadas.

Entrar em contato com È é sem duvida atividade mais importante para nós que acreditamos na cultura de Ifá / Òrìsà. Tal contato é estimulado espontaneamente durante os rituais executados no contexto religioso. As experiências relatadas por muitos seguidores durantes tais cerimonias são impressionantes e descrevem muita similaridade entre eles, portanto não podemos dizer que são fruto da imaginação, mas sim de uma real e solida ligação com os Imortais. Independente de qual caminho religioso façamos parte, encontrar a iluminação é sem dúvida o objeto primaz, para tanto precisamos melhorar nosso interior, como chave para a conexão com È.

Nota 1: Os atributos de Èlà e Òrúnmìlà são estão muito relacionados, contudo não cabe nessa postagem detalhar. Em breve abordaremos esse contexto detalhadamente.

Nota 2: O tema aqui explicado não está esgotado, pois se trata de assunto vasto. Infelizmente há pouca literatura disponível, baseado nisso, minhas pesquisas continuam e devo trazer adições em breve. Quando isso ocorrer farei novas postagens destacando tais adições

Àṣẹ. Bàbáláwo Ifádámiláre Agbole Obemo.