Quando a água ferve por cima do pote sufoca a chama

 

TÍ ÒMÍ BÀ HÓ LÀTÍ INÙ IKÓKÒ YIO DÍWỌ̀ INÁ JÍJÒ LỌ́LẸ̀.

Quando a água ferve por cima do pote sufoca a chama.

Segundo a filosofia de Ifá, o homem é apoiado para cumprir o seu destino na terra através da harmonia em sua relação com os Òrìṣà.

Quando falamos em cumprir o destino, não estamos dizendo que tudo já está programado, mas sim, que nós temos uma missão ou objetivo principal a desenvolver durante nossa vida terrena. É importante manter-se em alinhamento com esse objetivo, porque isso proporciona o equilíbrio entre razão e a emoção, que por sua vez, permite as bênçãos de saúde, descendência, vida longa, prosperidade e relacionamento.

Para manter a harmonia com os Òrìṣà, precisamos controlar nossa energia, ou seja, manter o equilíbrio em nossos sentimentos. Este é o conceito Ifá sobre Orí tútù, ou seja, “cabeça fria”. A expressão de “frio” em Ifá está relacionado com equilíbrio, paz, tranquilidade, portanto ter Orí tútù quer dizer que estamos equilibrados, isso permite que as 5 bênçãos (saúde, descendência, vida longa, prosperidade e relacionamento) cheguem até nós.

Nos ensinamentos de Ifá, existem diversos relatos sobre personagens míticos que cometeram grandes erros quando estavam sobre a influência de irritação, ou seja, quando seus sentimentos estavam extremos, por isso, “quando a água ferve por cima do pote sufoca a chama”. Isso quer dizer que sempre quando estamos muito nervosos, ou ao contrário, quando estamos deprimidos e desanimados, perdemos a conexão com nossa essência interior, afastando a influência positiva dos Òrìṣà em nossas vidas. Sendo assim, um dos pilares em nossa disciplina diária é controlar nossas emoções com os problemas cotidianos. Manter Orí tútù é uma das chaves para o sucesso na jornada existencial.

Àse. Bàbáláwo Ifádámiláre Agbole Obemo.