O óraculo de Ifá

Como sabemos os oráculos estão presentes na história da humanidade desde os tempos mais remotos. Atualmente existem diversos métodos em atividade nas mais diferentes culturas, alguns de domínio livre e outros que estão relacionados com sistemas religiosos.

Ifá é um método de indagar a Espiritualidade a fim de obter orientação sobre os mais diferentes assuntos da vida cotidiana de um individuo, comunidade ou até mesmo relacionado a um local especifico como uma empresa, cidade, etc.

A origem do oráculo é incerta, existem diversos relatos de regiões diferentes da África sobre modelos semelhantes ao Ifá com nomes diferentes, por isso, concluímos que esse modelo de consulta teve contato com diversas civilizações em diferentes momentos da historia Africana.

Ifá está baseado num conjunto rico de relatos históricos conhecidos como Itan ou Ese Odù, que contam passagens de personagens míticos a fim de explicar um problema especifico e então sugerir uma solução baseada no desenrolar dos relatos.

Os Ese Odù são a escritura sagrada do povo Yorùbá, aonde está registrado todo o conhecimento de observação da atividade das forças da natureza e também todo o ensinamento necessário para lidar com essa interação.

Existem uma quantidade significa de Ese Odù e eles possuem variações de Família para Família de Ifá. Ou seja, o corpo literário não é fixo e ele deve evoluir com o tempo, se adaptando as novas realidades.

Este corpo literário está dividido e organizado em 256 OdùOdù é um padrão de energia que surgiu durante a criação do Universo, eles possuem características especificas, que podem ser utilizadas para entender o comportamento temporário de ações e realizações na vida de um individuo em particular. Contudo estes padrões de energia não são estáticos e continuaram e continuam a evoluir, à medida que o Universo mantêm a criação em funcionamento.

Cada um dos Odù é identificado por um nome e por um símbolo gráfico que é composto de 4 pares de traços, que podem ser simples ou duplos. Dentro dos 256 Odù´s, existem um grupo especial chamado de Odù Àgbà , ou Odù Meji (duplos). São os 16 Odù Meji que deram origem aos outros 240 Omo Odù (Odù derivados ou filhos).

O processo de interpolar a Oráculo é conhecido como Dáfá (lançar Ifá). Que consiste em procedimentos rituais que fazem o Sacerdote de Ifá, chamado de Babaláwo entrar em contato com a Divindade Elà (Espírito da Pureza) e receba então as orientações do espírito do Destino (Òrunmìlà) que supervisiona todo o processo de consulta.

Durante esse processo o Sacerdote obtêm uma das 256 figuras Ifá que representam os Odù e então passa a interpretar as Histórias que estão com ele relacionadas: os Ese Odù, mediante essa interpretação e com as demais orientações do Oráculo é possível definir procedimentos rituais e comportamentais que serão aplicados na vida do consulente a fim de resolver o problema ao qual foi sugerido a Divindade.

Este processo torna o Oráculo de Ifá muito completo e eficiente, visto que além de encontrar o problema ele também sugere uma solução para o mesmo, assim proporcionando melhora de vida para quem o busca.

Àse. Bàbáláwo Ifádámiláre Agbole Obemo.